Expectativa de Vida

Eu não sei vocês, mas eu morro de saudades dos meus avôs, que, infelizmente, já faleceram. Eles eram migrantes e passaram por muitas dificuldades na vida, mas conseguiram formar uma família sólida e unida. Hoje em dia, a idade com que eles faleceram parecem muito reduzidas porque, em média, os brasileiros têm vivido muito mais tempo que há alguns anos. A tendência é que a idade média da população se eleve ainda mais. Sabem por quê? Por causa da expectativa de vida.

Probabilidade

Para quem acha que meu amor por estatísticas se resume a buscar na internet dados e informações prontas, está enganado. Quer dizer, parcialmente enganado. Ou melhor ainda, uns 60% enganado. Eu busco muita informação em fontes de confiança, é verdade, mas essa vontade de ir a fundo na formação da informação fez com que me interessasse por outras áreas, como as probabilidades matemáticas. 

Mãe, trabalhora, dona de casa: mulher

Ser uma mulher sempre representou algo diferente de ser homem no mundo. E não me refiro aos aspectos biológicos, mas aos aspectos sociais. No caso do Brasil, as mulheres estão em constante luta pela ampliação de seus direitos em uma sociedade em que ainda privilegia os homens. Por muito tempo, a participação feminina na sociedade brasileira esteve restrita aos muros internos de uma casa, sempre sob a tutela de alguma figura masculina: o pai, o marido, o filho primogênito. Assumir a função de “homem da casa” sempre representou assumir a proteção e o financiamento do lar.

Desmatamento

Você vive em um ambiente urbano? Provavelmente sim. Como posso supor isso? Através do índice brasileiro de urbanização acima dos 80%, o que significa dizer que 85%, taxa atual, da população brasileira vive em cidades. A estatística sempre pode ser uma maneira de “adivinhar” diversas coisas com um baixo grau de erros. Bem, mas eu fiz esse questionamento para perguntar o quanto você se preocupa com o desmatamento no Brasil. Imagino que muito, não é mesmo? 

Let’s watch TV!

Gente, preciso confessar uma coisa para vocês: eu não gosto muito de assistir televisão. Nada contra quem goste, mas acho que já estou tão habituada a utilizar o computador, celular e internet como forma de entretenimento e fonte de informação, que não aguento ficar apenas sentado recebendo passivamente as informações. O resultado disso é que adquiri o irritante hábito de ficar “zapiando” os canais, ou seja, trocando de canal compulsivamente sem nem ao menos assistir a mais de um minuto cada um.

Cálculo do PIB

Galera, vocês já repararam como são medidas as riquezas e o grau de desenvolvimento de um país. É sempre demonstrado, apesar de não ser o único índice, o valor do Produto Interno Bruto do país, conhecido pela sigla PIB. 

Dados confiáveis

Cada vez que entro no facebook durante um período onde alguma polêmica esteja no ar, eu me preocupo. Não me refiro aos ataques que as pessoas lançam uma contra as outras, demonstrando uma grande capacidade de ser intolerante e agressivo. Isso também me preocupa, mas faz parte de um outro contexto. Eu me preocupo muito também com a forma com que as pessoas se baseiam na hora de elaborar um argumento. 

“Magia” da Comunicação

Eu sempre gostei muito da internet e de tudo que ela me proporciona. Tenho amigos e parentes mais velhos, mas nem tanto, que contam como era a internet no meio dos anos 90. Nossa! Quanta coisa mudou! Até 20 anos atrás era comum que essas pessoas marcassem de se encontrar em um “ponto de encontro” e combinando a roupa que iria usar anteriormente, para facilitar o reconhecimento entre elas. A comunicação era muito difícil. Hoje em dia, quase todo mundo está disponível para se comunicar praticamente o tempo todo.

Direitos Sexuais e Reprodutivos

Ao estudar sobre os métodos contraceptivos me peguei refletindo no que eles se baseavam e se seriam importantes em minha vida e no cotidiano do meu país.  Assim, ao aprofundar meus estudos, pude saber que existe o direito de reprodução e, também, o direito sexual. E mais: que são diferentes! Você sabia disso?

Páginas