O mar não está para peixe e nem para os humanos

Olá turma da GaleraCult! Creio que concorde comigo que um bom banho no mar é algo extremamente relaxante e divertido. Ir à praia realmente é muito bom. Mas acho que você em algum momento já se deparou com uma praia um pouco suja. Seja com garrafas plásticas, papeis, embalagens ou até mesmo com a interdição da praia por falta de balneabilidade (isto é, água suja que não permite o banho).

A nossa sociedade sempre tratou os resíduos (lixo e efluentes) como um problema que não nos pertence, que deveriam ser colocados para fora. Dessa forma, todos os nossos dejetos são colocados em lixões (ou mais recentemente em aterros sanitários) ou jogados nos rios, lagos e oceanos. Pois é.... Como assim? Ainda não perceberam que não existe a parte de fora? Tudo está dentro do nosso planeta, da nossa biosfera, da nossa casa!!! O que estamos fazendo é degradar a nossa própria casa, o que nos mantêm vivos.

Fonte: http://redeglobo.globo.com/globoecologia/noticia/2013/10/entenda-como-funciona-o-despejo-de-esgoto-por-emissarios-submarinos.html

Paulo “Paulinho” Statera

Desde pequeno tive dificuldade de me enquadrar aos padrões; e não era só rebeldia. Ficava mais revoltado com aqueles que não faziam nenhum sentido. Esse comportamento gerou afastamento de meus pais e minha família em geral, com exceção do meu avô, Paulo, que também sempre foi um rebelde… hehehehe. Poucos reconhecem, mas os meus questionamentos não são vazios, são (e sempre foram) coerentes, pois percebo que as pessoas seguem e tomam decisões porque seguem modelos prontos ou porque pensam no curto prazo. Tudo mudou quando conheci um grupo que vive em uma Ecovila, o Gemeinde, que promove relações diferentes entre si e com o meio ambiente. Minha identificação com o grupo despertou meu interesse por Sustentabilidade e essa passou a ser a minha missão: disseminar outras formas de relacionamento entre os seres humanos e com a natureza. Siga-me no Galera Cult e fique sabendo mais sobre críticas a sociedade atual e sobre práticas sustentáveis